quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Os retornos da vida são resultados das decisões.

A vida é feita de escolhas e para cada uma delas há uma resposta única, precisa e intransferível.

Muitas vezes, tenta-se cortar o vinculo que une essas duas pontas, decisão e retorno, e tudo fica voltado para a consequência, como se fosse ela o sujeito da ação. Mas não há como fugir, para cada atitude sempre haverá uma resposta, mesmo que tardia ela virá, não há como dela escapar ou fazer de conta que não foste tu o autor de tuas escolhas e sob a capa de vitima querer se esconder.
A vida é uma grande obra em construção, uma coluna posta fora do lugar pode levar toda produção ao chão. E não adianta tentar responsabilizar mais ninguém além de tu, já que és o engenheiro responsável e como tal tens que estar atento a colocação dos alicerces, pois será sobre tu que cairão se vierem a ruir.

A cada instante a vida exige escolhas. Melhor seria, se possível fosse, pensar nas respostas que estás disposto a enfrentar antes de eleger qual caminho tomar, pois depois de preferido só te restará o retorno acatar.

És o escritor de tua história e como tal viverás as glórias ou os dissabores provenientes da forma como irás criá-la.
A vida, como uma obra de arte, tem a cara e o formato que seu autor quer que ela tenha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário